Youtuber entrega a outra família seu filho adotivo autista — depois de fazer conteúdo com ele por anos

"Знания недостаточно, необходимо применение. Желания недостаточно, необходимо действие." Брюс Ли ZM
Добавить информацию в закладки (Bookmark)(0)

Uma youtuber com centenas de milhares de seguidores que tem compartilhado sua experiência familiar de adotar uma criança pequena da China anunciou na terça-feira que ela e seu marido haviam arranjado um novo lar para seu filho após problemas comportamentais não especificados.

O anúncio causou um alvoroço nas mídias sociais e nas comunidades de criadores e influenciadores. Muitos estão questionando a ética da youtuber Myka Stauffer, depois de ela passar anos compartilhando detalhes íntimos da vida de seu filho Huxley em um canal monetizado.

Mesmo antes de sua família adotar Huxley em 2017, Myka havia feito da história dele um tema-chave em seu canal, que explodiu em popularidade e conquistou vários patrocínios relevantes. Ela também tem se posicionado como uma defensora da adoção internacional em vários veículos de notícias.

Esses fatos, juntamente com um longo debate sobre os direitos das crianças nas mídias sociais, levaram a um protesto contra o casal e sua decisão de divulgar e monetizar suas vidas.

Myka e seu marido, James, que vivem em Columbus, Ohio (EUA), não retornaram um pedido para comentarem sobre a história, nem o advogado deles.

Os Stauffer têm compartilhado sua vida no YouTube desde 2014. O canal de Myka possui 717 mil assinantes, e o canal da família, The Stauffer Life (A Vida dos Stauffer), 332 mil. Quando o casal começou a vlogar, eles tinham uma filha juntos, e Myka tinha uma filha de um relacionamento anterior. Desde então, eles tiveram dois filhos juntos, cujas gravidezes e partos eles também compartilharam em seu canal.

Em julho de 2016, o casal postou um vídeo intitulado «BIG ANNOUNCEMENT!!!» («Grande anúncio!!!»). No vídeo, eles anunciaram que pretendiam adotar um menininho da China. Eles acrescentaram que estavam pensando em adotar outra criança, de «Uganda ou Etiópia», assim que passassem por essa adoção.

Myka produziu 27 vídeos sobre sua «jornada de adoção», incluindo uma série de 13 partes de «atualizações da adoção». Na série, Myka respondia a perguntas sobre o processo de adoção da China e as emoções que sentia.

Em alguns vídeos, Myka promoveu uma arrecadação de fundos que havia organizado para necessidades não especificadas de Huxley. Ela disse que todas as pessoas que doassem US$ 5 desbloqueariam uma peça diferente de um quebra-cabeça de mil peças, que, no final, seria uma foto de Huxley que ela revelaria ao mundo. Ela também disse que escreveria os nomes de todos os doadores no livro de recordações do bebê.

Em um vídeo patrocinado de 2017, Myka disse que estava usando seus lucros dos anúncios do YouTube para sua adoção, escrevendo na legenda que «os lucros dos patrocínios serão destinados a trazer nosso FILHO da China para casa!».

Em um artigo que ela escreveu para o Parade, Myka disse que os Stauffer foram informados pela agência que Huxley tinha um «tumor cerebral» e «lesão cerebral». Ela escreveu que, a princípio, o casal não estava aberto a uma adoção com necessidades especiais.

«Mas, conforme absorvemos a ideia, Deus amoleceu nossos corações», escreveu ela. «Antes que percebêssemos, estávamos abertos a quase todas as necessidades especiais conhecidas.»

Em outubro de 2017, Myka postou um vídeo de compilações intitulado “Huxley’s EMOTIONAL Adoption VIDEO!! GOTCHA DAY China Adoption” («Vídeo da adoção comovente de Huxley!! Dia de pegá-lo. Adoção da China», em tradução livre), que ela dedicou a “todos os órfãos ao redor do mundo”.

Ele apresentava vídeos de Huxley anteriores à sua adoção, bem como um vídeo da família viajando para a China e encontrando-o pela primeira vez. Huxley tinha 2 anos e meio na época.

O vídeo foi um enorme sucesso para o canal de Myka, e foi visto mais de 5,5 milhões de vezes.

Depois que Huxley chegou em casa, o próximo vídeo publicado por Myka foi intitulado “My CHINA ADOPTION Experience: The Truth” («Minha experiência de adoção na China: a verdade»), na qual ela descrevia suas emoções no dia da adoção. Ela continuou atualizando seus seguidores com vídeos, como “Huxley’s 10 Month China Adoption Update! International Adoption Update!” («Atualização de 10 meses da adoção de Huxley da China! Atualização de adoção internacional!»).

O perfil de Myka começou a fazer sucesso na comunidade de blogueiros de criação de filhos nos anos seguintes. Seus inscritos no YouTube dobraram de outubro de 2017 a outubro de 2018, segundo a ferramenta Social Blade, e agora ela tem mais de 160 mil seguidores no Instagram. Alguns de seus vídeos com atualização sobre Huxley, como “5 Things I Didn’t EXPECT About Our China ADOPTION! International ADOPTION” («5 coisas que eu não esperava sobre nossa adoção da China! Adoção internacional»), foram patrocinados por empresas (não está claro quando ela começou a monetizar sua conta e quem eram seus patrocinadores). Ela fez parceria com marcas como Glossier, Good American, Fabletics e Ibotta. O nascimento de seu quinto filho foi até mesmo destaque na People.

Myka também começou a escrever artigos sobre sua experiência em adotar uma criança com necessidades especiais para blogs e revistas de criação de filhos. Na matéria para o Parade, Myka escreveu que, quando Huxley chegou em casa, eles perceberam que a descrição de suas necessidades especiais era «imprecisa». Na realidade, ela escreveu, Huxley foi diagnosticado com «tendo um derrame quando ainda estava no útero, com autismo de nível 3 e transtorno de processamento sensorial».

«Ele é um ótimo garoto, e sua condição não envolve tantos cuidados gerais assim — tudo o que você precisa é de um grande coração e praticar paciência todos os dias. É um tipo diferente de paciência», escreveu ela.

Em outra entrevista ao site Moms.com, Myka falou sobre os desafios de sua adoção, mas insistiu que tudo tinha valido a pena no final.

Em setembro de 2019, Myka publicou sua atualização final sobre o progresso de Huxley: “Emotional China Adoption Update Two Years Home” («Atualização de dois anos em casa da adoção comovente na China»), em que ela anunciou que, desde o diagnóstico de autismo de Huxley, ele estava em terapia ABA (análise comportamental aplicada).

«Ele está indo muito bem, e estou muito animada em ver seu enorme progresso no seu terceiro ano depois de ser adotado da China», disse ela.

Huxley continuou a aparecer em fotos no Instagram e em vídeos no YouTube no final de 2019 e em 2020.

Mas, no final do inverno e início da primavera nos EUA, os seguidores começaram a notar que Huxley havia parado de aparecer em vídeos. Uma das últimas publicações de Myka com Huxley, em 16 de fevereiro, discutia as dificuldades de lidar com as necessidades especiais dele.


mykastauffer / Via Instagram

“Temos dias difíceis, muitos deles. Eu queria que o autismo e o trauma da adoção tivessem um manual para orientar você em tudo isso”, escreveu ela.

No Dia das Mães, ela escreveu que era o feriado «mais difícil» que já tinha tido. Logo, seguidores começaram a se perguntar o que estava acontecendo, pedindo a Myka atualizações sobre Huxley e seu paradeiro.

Algumas pessoas até começaram a criar contas no Instagram, como «Justice for Huxley» e «MykaStaufferFan», para pressionar Myka a responder às suas perguntas. A mulher de Nova York que administra a conta @MykaStaufferFan disse ao BuzzFeed News que acompanhava a família há anos quando notou a ausência de Huxley. Ela disse que, quando perguntou a Myka no Instagram, ela «me bloqueou imediatamente».

«Eu sabia que, se fosse tentar descobrir o que aconteceu com ele, precisaria de mais apoio para divulgar e obter justiça para Huxley», disse ela. Sua conta, onde ela publicou fotos e vídeos de Huxley pedindo aos Stuaffer que falassem sobre o paradeiro dele, logo acumulou mais de 600 seguidores.

Então, na terça-feira à noite, os Stauffer publicaram um vídeo intitulado «uma atualização sobre nossa família». Eles haviam colocado Huxley para adoção com outra família, disseram eles. O casal disse que a decisão foi tomada pelo bem-estar emocional de Huxley.

James disse que Huxley tinha várias necessidades especiais que eles não tinham conhecimento até chegarem em casa nos EUA. Eles o haviam colocado em terapia «intensa» durante o ano passado, disse ele, e consultado especialistas.

«Após vários exames, após várias avaliações, vários profissionais médicos acharam que ele precisava de uma adequação diferente em suas necessidades médicas, ele precisava de mais», disse Myka.

O casal disse que havia ficado em silêncio até agora para dar privacidade a Huxley e por razões legais, e que eles não dariam mais detalhes. Myka acrescentou que «99% das dificuldades» nunca foram compartilhadas com o canal deles no YouTube pelo mesmo motivo. Em um comentário no vídeo, Myka disse que «várias coisas assustadoras aconteceram dentro de casa com nossos outros filhos».

Myka disse que Huxley agora foi adotado por uma família «que combina perfeitamente». Eles disseram que os Stauffer amam Huxley e sempre amarão.

«Ele está progredindo, está muito feliz, está indo muito bem, e sua nova mamãe tem treinamento médico profissional, e essa é uma combinação muito boa», disse ela.

Myka e James não compartilharam o vídeo no Instagram, mas James publicou um vídeo no story do Instagram de Myka pedindo aos seguidores para conferirem o vídeo no YouTube. O vídeo teve inúmeros comentários de apoio.

«Minhas sinceras condolências a você e à sua família», escreveu uma pessoa. “Às vezes, mesmo quando você faz tudo certo, isso ainda pode dar errado. Talvez esse fosse seu objetivo — ajudar Huxley em sua jornada e permitir que ele estivesse onde precisava estar. Deus abençoe.”

“Como uma criança que foi adotada, reverencio completamente sua decisão e a aceitação muito difícil de que você não era o lar dele para sempre. Você sempre estará no coração dele, e lhe deu uma ótima vida pelo tempo que ele esteve com você”, escreveu outra.

No entanto, muitas pessoas ficaram desconfortáveis com a situação, principalmente porque Huxley era uma parte muito grande do canal monetizado da família.

«Meu coração dói pelo pobre Huxley», escreveu uma pessoa no Twitter. «Eles arrastaram esse pobre garoto da China, fazendo-o começar tudo de novo e, então, desistem dele.» A pessoa acrescentou que Myka ganhou seguidores e obteve patrocínios com a história.

My heart aches for poor Huxley. They dragged this poor little boy all the way from China, making him start all over again, then giving up on him🥺80% of her followers she gained from the adoption story, got sponsorships and her subs even funded the trip to China #mykastauffer

«Imagine adotar uma criança com necessidades especiais da China, dar-lhe o nome de Huxley (um crime em si), explorá-lo por dinheiro de patrocínio e vídeos monetizados e, em seguida, ‘realocá-lo’ quando as coisas ficarem difíceis. COMO SE ELE FOSSE UM ANIMAL DE ESTIMAÇÃO E NÃO UMA CRIANÇA HUMANA DE VERDADE», escreveu outra.

Uma pessoa chegou a iniciar uma petição no site change.org exigindo que o YouTube removesse os vídeos monetizados com Huxley.

«Essas pessoas precisam parar de explorar e lucrar com o Huxley imediatamente!», escreveram. «A internet está com você, Huxley. Esperamos que você esteja feliz e se desenvolvendo onde quer que esteja.»

A ex-fã por trás da conta @MykaStaufferFan disse que tudo o que ela quer é que Huxley seja feliz e fique saudável. Ela acha que os Stauffer devem excluir todos os vídeos com Huxley que têm sido monetizados.

«Acho que seria melhor ela se afastar do YouTube por enquanto para refletir sobre as consequências de suas ações e o dano que causou à comunidade de adoção e aos pais de crianças com necessidades especiais», disse ela.

A ex-fã acrescentou que ela também tinha preocupações com crianças no YouTube em geral.

«Eu me sinto desconfortável com o fato de as crianças estarem no YouTube, já que há sempre a possibilidade de exploração, seja intencional ou não, e você nunca sabe quem está assistindo do outro lado da tela», disse ela. «É injusto para elas, pois elas não podem consentir que suas vidas pessoais sejam mostradas para o mundo.»

Este post foi traduzido do inglês.






Поделиться ссылкой:


Объявление беZплатно! + Ваше Объявление




Мысль на память: Кто весь день работает, тому некогда зарабатывать деньги.

ИНФОРМАЦИЮ БЕzПЛАТНО! + Ваша Информация

Zmeinogorsk.RU$: ^Град ОбречЁнный^ -Информация- Земля Неизвестная!?

Уzнать: Этот День в Истории!


Related posts

Leave a Comment

20 + 14 =